fbpx
3447-7000 / 3421-2112 contato@farmaciaproderma.com.br
Gerenciamento de peso: conheça a prática e estratégias para otimizá-lo

Gerenciamento de peso: conheça a prática e estratégias para otimizá-lo

A perda de peso e as dietas restritivas são, de uma forma geral, causadores de polêmicas dentro do mundo da saúde. Há alguns estudos inclusive que já relacionaram e provaram que a influência da mídia e a restrição alimentar excessiva podem ser causadores de transtornos alimentares e distúrbios de imagem corporal.

Por isso, é importante que se tenha conhecimento que atualmente existem alternativas plausíveis e que conversam com a realidade de cada um quando estamos falando de gerenciamento de peso. Afinal, não há nada melhor do que fazer as coisas dentro de nossos próprios limites e se sentir bem dentro de nossos próprios corpos, não importa o formato.

E claro, se você está em busca de um estilo de vida mais saudável, e que te permita emagrecer de forma natural e equilibrada, nós temos algumas dicas e produtos que podem te auxiliar nessa sua vontade. Sem te deixar com medo da balança e causar frustração.

Confira!
Dicas para auxiliar no gerenciamento de peso
O primeiro passo para realizar esse gerenciamento de peso de uma forma saudável é: entender que cada corpo é um corpo! Cada pessoa responde a exercícios, dietas e suplementações de forma individual, influenciada por diversos fatores como a genética, metabolismo e diferença nos perfis hormonais, por exemplo.

Por isso, a nossa primeira dica é:
Procure profissional(is) capacitado(s)
Nutrólogos, nutricionistas e endocrinologistas são alguns dos profissionais que você deve buscar para obter a orientação mais adequada para você. Ele(s) será(ão) o(s) responsável(is) por montar o seu cardápio nutricional, solicitar exames de sangue e realizar uma avaliação física.

Nesse processo, diversos parâmetros podem ser avaliados, como a quantificação do seu percentual de massa magra, gorda e muscular corporal, além de uma avaliação da necessidade de algum tipo suplementação (nutricional, vitamínica, mineral e/ou hormonal).

Sabe-se que, por diversos motivos, é importante incluir exercícios físicos dentro da sua rotina. A nossa dica é que também seja feita uma avaliação física para saber se está tudo nos conformes com seu corpo para começar a se exercitar. Neste ponto, cardiologistas e ortopedistas também podem ser de grande valia, dependendo do indivíduo.

Com estes cuidados, ficará muito mais fácil para você realizar o gerenciamento do seu peso corporal a longo prazo. E claro, se você quiser um “plus” para conquistar os seus objetivos, a Proderma disponibiliza diversas opções para te auxiliar neste processo.
Produtos e auxiliadores da queima de gordura

E para os produtos que auxiliam na queima de gordura, encontramos três principais no portfólio da Proderma. São eles:
MOROSIL
O Morosil é um extrato natural retirado da laranja que contribui de forma relevante para a queima de gordura. Ele possui uma substância chamada antocianina C3G que atua como antioxidante natural do organismo, sendo uma aliada no processo de emagrecimento. Ela é o grande segredo desse produto ser emagrecedor.
CITRUSIM
O Citrusim é outro produto natural, derivado da Laranja Vermelha Moro (Citrus sinensis L. Osbeck), típica da região da Sicília. A Laranja Vermelha contém alta concentração de vitamina C, flavonas e ácidos hidroxicinâmicos, sendo um potente antioxidante e importante coadjuvante na redução de medidas e gerenciamento de peso.
Alcachofra Composta
Com foco em auxiliar o processo de digestão e complementar outros tratamentos como: emagrecimento, combate aos gases, diminuição de colesterol, combate a anemia, regular níveis de açúcara a Alcachofra Composta é uma fórmula que também é fornecida pela Proderma.

MITBURN® PLUS

O Mitburn® é um ativo cuja matéria prima é oriunda das Oliveiras orgânicas, da região de Provence, na França. Apresenta elevada proporção de fitoquímicos em sua composição, devido a colheita do fruto ser feita em épocas de maior concentração das frações ativas. O processo de produção é patenteado, seguro e eficaz.

Benefícios:

– Controle do peso corporal;
– Booster para cetose (Dietas Keto plant based e cetogênica);
– Diminuição da circunferência abdominal, flancos e quadris;
– Transformação de adipócitos brancos em marrons;
– Aumento da termogênese;
– Redução da gordura visceral e hepática;
– Aumento do número e atividade mitocondrial;
– Melhora a tolerância à glicose;
– Ajuda a diminuir o apetite e o desejo por doces.

Importante: as informações acima são apenas sugestões. Procure um profissional legalmente habilitado para realizar o acompanhamento do seu desempenho e saúde.

E claro, que o processo seja proveitoso! Cuidar da saúde nunca é demais.

Dermatite Atópica: conheça cuidados básicos e produtos indicados

Dermatite Atópica: conheça cuidados básicos e produtos indicados

A Dermatite Atópica é um tipo de irritação cutânea, não contagiosa, caracterizada pelo eczema atópico, e sua característica principal é o ressecamento da pele. Ela é uma doença causada pela ausência da barreira de proteção da pele. Ou seja, uma pele que não consegue manter a água e a sua hidratação.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a dermatite acomete 7% da população adulta e 25% das crianças no Brasil. Sendo as suas formas de tratamento importantes para que a criança ou adulto consiga viver uma vida normal sem grandes problemas.

Seus principais sintomas

Seus principais sintomas são: pele seca, erupções, descascamento, fissuras, inchaço, vermelhidão e prurido (coceira). Eis alguns produtos ou substâncias que podem agravar esses sintomas: contato com materiais ásperos, poeira, detergentes, produtos de limpeza em geral, roupas de lã e tecidos sintéticos. Além das temperaturas extremas ou mudanças bruscas no tempo, é comum acontecer em ambientes que possuem ar-condicionado, pelo ressecamento do ambiente.

Outros sintomas, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), são: áreas esfoladas causadas por coceira, alterações na cor, vermelhidão ou inflamação da pele ao redor das bolhas, áreas espessas ou parecidas com couro, que podem surgir após irritação e coceira prolongadas.

A qualquer sinal desses aspectos na pele procure um médico dermatologista.

Tratamento

A Dermatite Atópica acompanha a pessoa ao longo da vida, mas é possível controlá-la com base em um tratamento específico, visando o controle de coceiras crônicas, prevenção de recorrências e a redução de inflamações da pele.

A base do tratamento da dermatite são cosméticos hidratantes, que irão repor a água que a pele não consegue manter naturalmente. Consequentemente, essa pele restabelecerá sua turgidez e, portanto sua resistência e vigor. A orientação geral é que os pacientes façam o uso de hidratantes diariamente e ao longo do dia, além de utilizar produtos que fortaleçam a barreia da pele, para que sua capacidade de retenção de água não seja reduzida.

Pensando na necessidade de peles ressecadas e/ou com Dermatite Atópica, a Proderma desenvolveu produtos que servem perfeitamente para sanar estas necessidades especiais:

*Lembre-se que é imprescindível o acompanhamento de um médico dermatologista no tratamento da Dermatite Atópica.

Produtos Proderma

  • Sabonete Líquido Aveia Coloidal e Capim Limão: ideal para peles sensíveis, sendo um ótimo aliado no tratamento da dermatite atópica. Fortalece a imunidade cutânea e tem efeito cicatrizante, sem apresentar textura ‘pegajosa’ e ‘gordurosa’. A aveia coloidal, além de contribuir para o equilíbrio do pH da pele, é composta por antioxidantes naturais.
  • Loção Hidratante Proderma: para peles secas e irritadas é uma ótima aliada para pessoas com dermatite atópica. Com ativos como Manteiga de Karité e Portulaca, a Loção Hidratante regenera, nutre e fortalece a pele. Ao formar uma película protetora na pele, previne o aparecimento de escoriações, erupções, descascamento, fissuras, inchaço, secura ou vermelhidão. Formulado com carreadores de alta afinidade com a membrana da pele para otimizar sua absorção, também apresenta efeito analgésico e anti-inflamatório, reduzindo o incômodo e dores causadas pela dermatite atopica. Esta loção também é muito utilizada em pessoas acamadas para evitar escoriações e úlceras de decúbito.
  • Proderma Green: linha eco-friendly com componentes que obedecem a um processo responsável, colocando em primeiro lugar a origem e processamento de matérias-primas com o menor impacto ambiental possível. Suas formulações suaves, foram desenvolvidas para serem utilizadas em peles sensíveis, como em bebês, pacientes com dermatite atópica e idosos, por exemplo. Seu portfólio é composto por sabonetes líquidos, loções capilares, condicionadores, desodorantes, hidratantes e outros diversos produtos.

Os produtos da Proderma Green são livres de:

  • Parabenos e EDTA
  • Conservantes
  • Testes em animais
  • Ativos de origem animal
  • Sulfatos
  • Derivados de petróleo
  • Perfumes sintéticos
  • OGM’s

Peça pelo nosso Whatsapp.

Câncer de pele: a prevenção é o melhor caminho!

Câncer de pele: a prevenção é o melhor caminho!

O Câncer de Pele se tornou um problema global e de saúde pública. Ele é, de acordo com o INCA – Instituto Nacional de Câncer, o câncer que mais acomete brasileiros, correspondendo a 27% de todos os cânceres do país. As suas causas são diversas, mas a principal se dá pela alta exposição ao sol, sem o uso de filtro solar.

É importante ressaltar que o Brasil é um país muito ensolarado, sendo uma das causas para os números do câncer de pele serem tão altos, por isso o uso de proteção solar é necessário ao longo de todo o ano.

Principais sintomas

Existem dois tipos de câncer de pele: o melanoma e o não melanoma, cada um com sintomas distintos. No câncer de pele não melanoma, predominam manchas na pele que coçam, descamam, sangram ou ardem, e feridas que não cicatrizam. Neste tipo de câncer, esses sintomas acontecem nas partes mais expostas ao sol, como rosto, braço, pescoço e orelhas. De acordo com o INCA, esse tipo de câncer é responsável por 177 mil novos casos da doença por ano.

Câncer de pele melanoma: é o tipo mais grave da doença, podendo levar o paciente à morte. Ele pode aparecer em qualquer parte do corpo em forma de manchas, sinais ou pintas. Quando ele aparece dessa forma, costuma ter formato assimétrico, bordas irregulares e mais de uma cor.

Como prevenir?

Os efeitos dos raios ultravioleta na pele são cumulativos, então a prevenção deve acontecer desde a infância, até o fim da vida. O principal cuidado é passar protetor solar, com fator de no mínimo 30, diariamente ou sempre que for se expor à luz solar. O protetor deve ser reforçado a cada duas horas.

Usar filtro solar próprio para lábios também é necessário. Evitar os horários de pico do sol, entre 9h às 16h, horários em que o sol está mais intenso.

Diagnóstico

O mais indicado é visitar um dermatologista com regularidade, principalmente para quem possui mais de 40 anos de idade. Em casos em que são encontradas manchas, pintas ou qualquer alteração na pele, o INCA aconselha ao paciente para se dirigir a uma Unidade de Pronto Atendimento mais próxima (UPA), sendo o responsável pelo diagnóstico o Médico Dermatologista.

Caso não seja possível ir até a UPA, é importante se dirigir ao seu médico dermatologista de preferência o quanto antes para que ele possa indicar o melhor tratamento.

A prevenção é sempre a melhor opção!

Para auxiliar nos cuidados da pele contra os efeitos nocivos dos raios solares, a Proderma conta com uma linha completa de produtos pensados especificamente para cada situação:

  • Loção Cremosa 20 Proteção diária: ideal para ser carregado na bolsa ou na nécessaire, garante a proteção da pele durante o ano todo.
  • Sabonete facial com Calêndula: com o uso constante de protetor solar, é normal que a pele produza mais oleosidade, causando o surgimento de acnes e espinhas. Este sabonete tira a oleosidade e acalma a pele do rosto, deixando uma real sensação de limpeza.
  • Loção Adstringente para Controle da Oleosidade: Após a limpeza com o Sabonete facial de Calêndula, esta Loção é um degrau acima na sua rotina de skin care de verão! 
  • Loção 30 Proteção Oil Free: Proteção solar com FPS 30 sem textura pegajosa: excelente para um dia de sol na praia com conforto.
  • Gel Creme com Babosa: Com ação reepitelizante e cicatrizante, é um excelente pós-sol, que desintoxica e acalma a pele, aliviando a irritação causada pela radiação solar.
  • Efeito Mate 60 com Vitamina C Toque seco: produto três-em-um, com efeito mate (uniformiza e corrige imperfeições na pele), protege (FPS 60) e exerce ação antioxidante (pela Vitamina C), importantíssima para combater os efeitos dos raios solares na pele, evitando o envelhecimento precoce.

Entre em contato com a equipe Proderma e curta seu verão da melhor maneira possível: protegido(a)!

Cuidados com a pele antes, durante e pós sol

Cuidados com a pele antes, durante e pós sol

Ao longo de toda a temporada de verão, o corpo e o rosto ficam mais expostos à luz solar. Apesar de, sabidamente, trazer benefícios à saúde (como o estímulo da produção de vitamina D), a exposição aos raios solares pode causar diversos danos à saúde, se não obedecidas as premissas de cuidados de proteção solar.

Principalmente no verão, mas também no restante do ano, é importante manter os cuidados básicos com a pele, confira as dicas que separamos para você ir à praia com tranquilidade, e para manter a saúde da sua pele em qualquer época do ano.

1) Uso do protetor solar

O uso diário do protetor solar é imprescindível para qualquer época do ano, principalmente para o verão, em situações em que a exposição ao sol é constante. Criar esse hábito é importante para preservar a saúde da pele e também para a prevenção do câncer de pele.

Dados do INCA – Instituto Nacional de Câncer confirmam que “O câncer de pele é o mais frequente no Brasil e no mundo, correspondendo a 27% de todos os tumores malignos do País…”. Ainda de acordo com o INCA, estudos comprovam que a alta exposição ao sol, sem o uso de protetor solar, são uma das maiores causas para a ocorrência desse tipo de câncer.

Ou seja, não adianta! O uso de protetor solar é sim imprescindível.

2) Hidratação – interna e externa!

Ao longo do verão, as temperaturas aumentam consideravelmente, expondo a pele ao calor e ao sol, causando desidratação. Por isso, é imprescindível que a ingestão de água seja reforçada, além do uso de cremes hidratantes para a pele.

A água é importante para o resfriamento e manutenção da temperatura do corpo, participando ativamente do processo de sudorese. Já os hidratantes servem para auxiliar na manutenção da parte externa da pele, que fica exposta ao calor e faz essa troca com o ambiente. Cremes com ácido hialurônico, por exemplo, auxiliam a pele a manter a água e se manter hidratada por mais tempo.

3) Evite a exposição por horas no sol

A exposição excessiva à luz solar pode causar insolação. A insolação é uma condição que pode ser fatal, causando febre de 40 graus e outros sintomas como dor de garganta, frio, desidratação, entre outros.

Você pode aproveitar o sol da melhor forma sem exagerar. As maiores quantidades de raios ultravioleta ocorrem entre as 9h00 e 16h00, por isso, evite se expor em quantidade excessiva nesse intervalo de tempo, tome muita água e use protetor solar.

4) Aloe vera para pós sol

Para o pós sol, é importante fortalecer a saúde da pele, o aloe vera possui propriedades muito importantes que auxiliam nessa regeneração da pele a hidratação, tão necessárias no verão.

A Proderma desenvolveu um Gel Creme Hidratante com Babosa (Aloe Vera). O creme possui propriedades hidratantes e cicatrizantes, atenuando os efeitos do sol na pele.

Principais benefícios:

  • Hidratar a pele;
  • Atenuar a vermelhidão;
  • Facilitar a regeneração tecidual;

5) O banho também é importante!

É bom evitar banhos com água muito quente nessa época. A água em temperatura elevada provoca o ressecamento da pele, e é importante a pele estar hidratada para o verão. Por isso, antes de passar o hidratante corporal e protetor solar, certifique-se de tomar um banho com água gelada ou em temperatura média. Isso vai refrescar o seu corpinho sem agredir a sua pele.

Para auxiliar nos cuidados da pele contra os efeitos nocivos dos raios solares, a Proderma conta com uma linha completa de produtos pensados especificamente para cada situação:

Loção Cremosa 20 Proteção diária: ideal para ser carregado na bolsa ou na nécessaire, garante a proteção da pele durante o ano todo.

Loção 30 Proteção Oil Free: Proteção solar com FPS 30 sem textura pegajosa: excelente para um dia de sol na praia com conforto.

Gel Creme com Babosa: Com ação reepitelizante e cicatrizante, é um excelente pós-sol, que desintoxica e acalma a pele, aliviando a irritação causada pela radiação solar.

Efeito Mate 60 com Vitamina C Toque seco: produto três-em-um, com efeito mate (uniformiza e corrige imperfeições na pele), protege (FPS 60) e exerce ação antioxidante (pela Vitamina C), importantíssima para combater os efeitos dos raios solares na pele, evitando o envelhecimento

Esses e diversos outros produtos você encontra aqui na Proderma para cuidar da sua pele e da sua saúde.

Siga essas dicas e você terá poucas chances de ter problemas com o verão e o sol. Bom verão!

Outubro Rosa – Faça o autoexame para o diagnóstico precoce

Outubro Rosa – Faça o autoexame para o diagnóstico precoce

O Câncer de Mama é considerado um problema de saúde pública, não somente no Brasil, mas ao redor do globo. De acordo com a OMS, o aumento mundial na incidência de casos de câncer de mama, é, em parte, resultado da mudança de hábitos reprodutivos, como o adiamento do primeiro parto, e alterações nos hábitos nutricionais, considerando que a obesidade pode aumentar os riscos de câncer pós-menopausa. 

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer do Ministério da Saúde (INCA), no Brasil, o câncer de mama possui altos níveis de incidência em mulheres, sendo a principal causa de óbitos por câncer em mulheres brasileiras. Também, de acordo com o INCA, as regiões Sul e Sudeste são as com maiores taxas de incidência do câncer.

Por isso, se prevenir e identificar essa enfermidade precocemente é tão importante. E o autoexame é uma das formas mais indicadas para diagnóstico em conjunto com acompanhamento ginecológico. Nesse artigo te explicamos o passo a passo para realizar o autoexame. 

Diagnóstico precoce e o autoexame

O diagnóstico precoce do câncer de mama, auxilia no tratamento e na redução do estágio do câncer quando ele se apresenta. Diminuindo as chances de um tratamento agressivo e de um possível falecimento da paciente. A sua origem nem sempre tem uma causa específica, diversos fatores podem estar relacionados ao aumento de chances para desenvolver a doença. 

Algumas características levantadas pelo INCA são: 

  • Idade
  • Fatores endócrinos;
  • História reprodutiva;
  • Fatores comportamentais/ambientais: fumo, alcoolismo, 
  • Fatores genéticos/hereditários.

Realizar o autoexame regularmente, é recomendado para todas as mulheres que possuem mais de 20 anos. Ele deve ser feito regularmente e acompanhado de uma visita ginecológica de no mínimo, uma vez a cada ano.

Por isso, é importante estar atento a certos sinais do corpo. 

Sintomas e características importantes para prestar atenção antes e durante o autoexame:

  • Entenda se há casos de câncer na família: isso pode mostrar uma pré-disposição para a doença.
  • Nódulos mamários: os nódulos podem aparecer em qualquer momento da vida da mulher, ao perceber a existência de um, se encaminhe para um especialista o quanto antes; 
  • Se o nódulo mamário tiver uma consistência endurecida, que aumenta de tamanho ao longo do tempo, procure um especialista o quanto antes; 
  • Pele na região da mama com aparência de casca de laranja;
  • Aumento progressivo do tamanho da mama com a presença de sinais de edema;
  • Retração na pele da mama;
  • Mudança no formato do mamilo.

Ao perceber qualquer um desses sintomas, procure seu médico.

E os sintomas para homens?

O câncer de mama não está restrito apenas para mulheres. Homens também podem desenvolver essa enfermidade. O número de casos se comparado com o número feminino, é consideravelmente menor, mas ainda assim, é importante se manter atento aos sinais:

  • Protuberância ou inchaço geralmente (mas nem sempre) indolor;
  • Pele ondulada ou enrugada;
  • Retração do mamilo;
  • Vermelhidão ou descamação da pele da mama ou do mamilo;
  • Inchaço nos linfonodos axilares.

Como fazer o autoexame?

O autoexame é sempre feito pela própria mulher. É importante que ela conheça o próprio corpo e as suas mamas, assim pode identificar se há algo de estranho ou diferente. Realizá-lo é muito simples, você vai precisar apenas de um espelho e das suas próprias mãos.

 

  1. Ondulações ou tamanhos diferentes na mama: posicione-se de frente para o espelho e observe suas mamas. Compare-as e veja se há a presença de ondulações ou alterações no formato e tamanho;
  2. Identificação de possíveis nódulos: de pé, leve uma das mãos até a cabeça, e examine cada uma das mamas com a mão. Use a mão contrária ao seio e do braço levantado. Ou seja, se for examinar a mama esquerda, levante o braço esquerdo e examine com a mão direita. 
  3. Certifique-se de examinar toda a região fazendo movimentos circulares para cima e para baixo, de um lado para o outro.
  4. Secreções: Ao longo do autoexame, verifique há algum tipo de secreção dos mamilos.

Previna-se

A prevenção é sempre o melhor caminho. Uma saúde equilibrada é a chave para evitar esse tipo de doença. Confira como você pode se prevenir:

  • Pratique atividades físicas regularmente;
  • Alimente-se de forma saudável;
  • Evite fumante;
  • Evitar o consumo de alcoólicos;
  • Evitar o consumo de hormônios sintéticos em altas doses;

O câncer de mama é ainda um dos cânceres que mais acometem mulheres, por isso, pratique o autoexame e mantenha um hábito de check up com seu médico. O diagnóstico precoce é sempre o melhor caminho.

 

 

Crianças e Óleos Essenciais – Dicas para acalmar os pequenos

Crianças e Óleos Essenciais – Dicas para acalmar os pequenos

A Aromaterapia é uma das vertentes da Medicina Tradicional Chinesa, e é baseada no tratamento e manutenção da saúde a partir dos ativos dos óleos essenciais. Assim como a MTC, a Aromaterapia existe há muito tempo. Mas a forma como a conhecemos hoje não é tão antiga assim.

        Acredita-se que essa prática se popularizou no ocidente na época das cruzadas. Mas o termo “aromathérapie”, foi criado pelo químico francês René Maurice Gattefossé, que iniciou seus estudos sobre os óleos essenciais em 1920, a partir de uma percepção que teve do óleo essencial de lavanda. Ele percebeu que o óleo essencial de lavanda aumentava a capacidade de cura da sua pele queimada, e que outros óleos essenciais eram melhores antissépticos que suas versões sintéticas.

O que são os óleos essenciais?

Óleos essenciais (OE) são extraídos de plantas através da técnica de arraste a vapor, na grande maioria das vezes, e também pela prensagem do pericarpo de frutos cítricos. São compostos principalmente de mono e sesquiterpenos e de fenilpropanoides, metabólitos que conferem suas características organolépticas.

Os OE são compostos altamente puros, concentrados e voláteis, derivados de plantas, troncos, flores, raízes e sementes. Eles podem ser extraídos de vários lugares e de vários tipos de planta

Introduzido durante o período da Renascença, o termo óleo essencial  designava  “a  alma  da  planta”,  a  quintessência  para  a  cura.  Anteriormente a este período, Roma  após  invadir  territórios  como  o  Egito,  disseminou  o  uso  de  plantas aromáticas em banhos, sendo que os romanos chegaram a ter mais de 1000 casas de banho por volta de 753 a.C.. (SILVA, 1998).

As plantas aromáticas, bem como os respectivos óleos essenciais, são utilizadas desde  o  início  da  história  da  humanidade  para  saborizar  comidas  e  bebidas; empiricamente usadas para disfarçar odores desagradáveis; atrair outros indivíduos e controlar  problemas  sanitários,  contribuindo  também  para  a  comunicação  entre  os indivíduos e  influenciando o  bem-estar dos  seres humanos  e animais, demonstrando assim  uma  antiga  tradição  sociocultural  e  socioeconômica  da  utilização  destes produtos.

Os óleos essenciais  são  compostos  naturais,  voláteis  e  complexos, caracterizados por um forte odor, sendo sintetizados por plantas aromáticas durante o metabolismo secundário  e normalmente  extraídos de plantas encontradas  em países quentes,  como  as  do  mediterrâneo  e  dos  trópicos,  onde  representam  parte importante da farmacopeia tradicional. 

As propriedades farmacológicas atribuídas aos OE são diversas, e algumas são preconizadas por apresentarem vantagens importantes, quando comparadas a outros medicamentos, (como por exemplo a sua volatilidade) que os torna ideal para uso em nebulizações, banhos de imersão ou simplesmente em inalações.  A volatilidade e o baixo peso molecular de seus componentes também são de grande valia, pois possibilitam que eles sejam rapidamente eliminados do organismo através das vias metabólicas. Os OE apresentam diferentes propriedades biológicas, podendo ser utilizados nas mais variadas ocasiões.

Como utilizar os óleos essenciais em crianças?

Uma das características para prestar atenção ao trabalhar com crianças é que, a pele, o olfato e o sistema como um todo dos pequenos, é muito mais sensível que o de adultos. Por isso, por mais que não haja contraindicações em relação à aromaterapia e ao uso de óleos essenciais, é importante seguir alguns preceitos básicos, como não aplicar os óleos essenciais diretamente na pele, tanto em crianças quanto em adultos.

Os óleos essenciais, como já citado acima, são concentrados fortes, demandando sua diluição em água ou em óleos vegetais. Tomando esse cuidado, a possibilidade de irritações ou alergias diminuem, potencializando o poder terapêutico dos óleos essenciais.

  • Óleo de amêndoas doces;
  • Óleo de calêndula;
  • Óleo de semente de uva;
  • Óleo de rosa mosqueta;
  • Óleo de jojoba.

As medidas de diluição vão de acordo com a idade do bebê. Quanto mais nova a criança, mais o óleo essencial deve ser diluído.

Conheça alguns dos óleos indicados para uso em crianças e o que eles tratam.

Tratamento de ansiedade

Muitas crianças e recém nascidos são hiperativos ou sofrem de ansiedade. Essa condição pode afetar inúmeros setores da vida deles, como a qualidade do sono, a capacidade de aprendizado, de autocontrole, pode tornar a convivência com outras pessoas um pouco mais difícil.

Os óleos essenciais e a Aromaterapia conseguem auxiliar a acalmar essas crianças. Os óleos indicados para acalmar são:

  • Óleo de lavanda

O óleo de lavanda possui inúmeros benefícios para crianças, entre eles o auxílio no controle da ansiedade. Ele é um calmante natural e pode ser diluído em água para ir em um difusor de aromas, ou ser diluído em um óleo carreador e aplicado no pezinho da criança.

  • Óleo de laranja doce

O óleo de laranja doce é um calmante excelente. Além de auxiliar na absorção de Vitamina C, combate a insônia e ansiedade. O óleo de laranja também pode ser diluído em água para o difusor de aromas ou em um óleo carreador e aplicado na pele da criança.

  • Óleo de lavanda + Óleo de capim limão

O óleo de capim limão é um ótimo antisséptico, fungicida, bactericida e adstringente. Misturado com o óleo de lavanda, produz um cheiro maravilhoso e calmante. Os dois óleos podem ser diluídos em óleo de amêndoa e massageados nos pés da criança. Também podem ser diluídos no difusor para aromatizar o ambiente.

Os óleos essenciais contemplam várias propriedades que realmente fazem efeito na vida e saúde de crianças e adultos. Com cautela e seguindo as recomendações de uso, é provável que você encontre apenas benefícios.

Lembrando que as indicações acima são apenas dicas. A Aromaterapia é um cuidado complementar e útil, mas não substitui recomendações médicas. Para um tratamento completo e específico, procure um especialista.