fbpx
3447-7000 / 3421-2112 contato@farmaciaproderma.com.br
Gel vaginal sem hormônios – Ressecamento Vaginal

Gel vaginal sem hormônios – Ressecamento Vaginal

Algumas mulheres sofrem com o ressecamento vaginal (vaginite atrófica ou atrofia urogenital*) que ocorre por diversos fatores, como stress, menopausa, higiene íntima em demasia, medicamentos, tratamentos, tabagismo, entre outros, e pode vir a comprometer até a vida sexual.

A aplicação local de produtos adequados pode restaurar a mucosa vaginal e proporcionar conforto a mulher acometida pela ausência da lubrificação vaginal.

No entanto, é importante que a mulher consulte seu ginecologista para primeiramente detectar a causa e então, seguir as suas orientações. Fazer uso de produtos tópicos ou mesmo de via oral sem a orientação de um profissional habilitado pode não resolver o problema e inclusive oferecer riscos à saúde. 

Na Proderma você encontra uma formulação especialmente desenvolvida para oferecer lubrificação e hidratação vaginal e que pode ser usada por mulheres no climatério e menopausa, pacientes oncológicas submetidas à radioterapia ou quimioterapia, ou com doenças autoimunes, lactantes, mulheres que fazem uso de medicações antiestrogênicas ou tabagistas. Trata-se de um gel não hormonal com hialuronato, que contribui na reparação dos estados atróficos e distróficos da mucosa vaginal.

Veja as vantagens do Gel com Hialuronato Proderma:

  • Não contém hormônios.
  • Proporciona hidratação contínua por até três dias, diferentemente dos lubrificantes tradicionais que fornecem lubrificação provisória, indicado apenas para reduzir atrito durante a relação sexual.
  • Proporciona conforto durante a relação sexual e pode ser usado com preservativos. Pode ser usado antes da relação sexual, porém oferece melhor resultado se usado regularmente, a fim de restabelecer a umidade vaginal continuamente.
  • Não possui fragrância e parabenos. Não agride a mucosa vaginal.
  • Acompanha bula orientativa e aplicadores.

Converse com o seu médico ou fale com a Equipe Farmacêutica Proderma.

*Vaginite atrófica ou atrofia urogenital compreende alterações que afetam as mucosas vaginal e uretral, em grande parte resultantes da diminuição da produção do hormônio estrogênio (menopausa). Os sintomas mais comuns são secura vaginal, coceiras, dores nas relações, queimação ou ardor vaginal.

Importante

O texto acima foi elaborado com base em estudos científicos, porém salientamos que o conteúdo é apenas de caráter informativo. Antes de adquirir e fazer uso do produto é importante consultar um profissional habilitado (seu médico ou nutricionista) ou os farmacêuticos Proderma. Envie um email para farmaceuticoresponde@farmaciaproderma.com.br ou entre em contato com as nossas lojas pelos telefones (19) 3447-7000 e 3421-2112.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Proderma

Desde 1982 criando produtos de qualidade com foco no cliente e rigoroso controle de processos.

PRODERMA FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO LTDA

Curta nossa página

Atendimento

Segunda a Sexta-feira:
das 8:00 as 18:00

Sábado:
das 8:00 as 12:00

Contato

contato@farmaciaproderma.com.br

 (19) 3447-7000 (Telefone - Matriz Centro)
 (19) 99883-9009 (Whatsapp - Matriz Centro)

 (19) 3421-2112 (Telefone - Filial Vila Rezende)
 (19) 99811-3752 (Whatsapp - Filial Vila Rezende)

Localização

Loja 1 (Matriz): Rua Prudente de Moraes, 917 – Centro – Piracicaba SP / CEP 13400-315

Responsável Técnico: Helena de Fátima Baptistella De Nápoli – CRF SP 8438

Autorização ANVISA: AFE nº 25351.201321/2002-41 – AE nº 25001.013346/85

Certidão de Regularidade: CRF/SP nº 8438. Licença VISA Piracicaba nº 0938/2002

CEVS nº 353870901-477-000085-1-6 AFE Autoriz/MS nº 0.09951.3 AE Autoriz/MS nº 1.34608.8

Alvará de Licença MAPA nº 1415 2009

CNPJ 50.764.604/0001-82

Loja 2 (Filial): Avenida Rui Barbosa, 519 – Vila Rezende – Piracicaba SP / CEP 13405-217

Responsável Técnico João Roberto Baptistella – CRF SP 1.13147-3

Autorização ANVISA: AFE nº 25351.202644/2002-51 – AE nº 0.09951.3

Certidão de Regularidade: CRF/SP nº 13147. Licença VISA Piracicaba nº 939/2002

CEVS nº 353870901-477-000085-1-6 AFE Autoriz/MS nº 0.09951.3 AE Autoriz/MS nº 1.12772.6

CNPJ 50.764.604/0002-63

O que é a doença de Alzheimer? Saiba como ela surge e conheça a progressão da doença

O que é a doença de Alzheimer? Saiba como ela surge e conheça a progressão da doença

Ao entender melhor o Alzheimer, você pode conviver ou contribuir com quem necessita apenas de carinho, conforto e compreensão.

Alzheimer é uma doença lenta e fatal do cérebro que afeta uma em dez pessoas com mais de 65 anos. Ninguém está imune.

A doença avança gradualmente enquanto dois fragmentos de proteínas anormais chamados de placas e redes acumulam-se no cérebro e matam as células cerebrais. Elas começam no hipocampo, a parte do cérebro onde as memórias são inicialmente formadas.

Ao longo de muitos anos, as placas e redes destroem lentamente o hipocampo e formar novas memórias se torna cada vez mais difícil.

Simples recordações de algumas horas ou dias atrás, que talvez  consideremos  como certas, não existem mais. Depois disso, mais placas e redes se espalham para outras  regiões do cérebro, matando células e comprometendo a função por onde passam.

Essa propagação é o que causa os diferentes estágios do Alzheimer.

Do hipocampo, a doença se espalha para a região do cérebro onde a linguagem é processada. Quando isso acontece, fica cada vez mais difícil encontrar a palavra certa.

Em seguida, a doença se arrasta para a parte frontal do cérebro, onde se produzem os pensamentos lógicos. Muito gradualmente, a pessoa começa a perder a habilidade de resolver problemas, entender conceitos e fazer planos.

Em seguida, as placas e redes invadem a parte do cérebro onde as emoções são reguladas. Quando isso acontece, o paciente perde gradualmente o controle do humor e sentimentos.

Depois, a doença se move para onde cérebro faz sentido daquilo que vê, ouve  e sente cheiro. Neste estágio, o Alzheimer causa estragos nos sentidos da pessoa, e pode dar início a alucinações.

Com o tempo as placas e redes apagam as memórias mais antigas e preciosas da pessoa, que estão armazenadas atrás do cérebro. Perto do fim, a doença compromete o equilíbrio e a coordenação da pessoa. E no último estágio, destrói a parte do cérebro que regula a respiração e o coração.

O avanço desde um ligeiro esquecimento até a morte é lento e contínuo, e acontece em média de 8 a 10 anos. É implacável e, por ora, incurável.

Saiba mais em www.AboutAlz.org

David Shenk, Author, “The Forgetting”
Film website: http://aboutalz.org
David Shenk´s website: http://davidshenk.com

Importante

O texto acima foi elaborado com base em estudos científicos, porém salientamos que o conteúdo é apenas de caráter informativo. Antes de adquirir e fazer uso do produto é importante consultar um profissional habilitado (seu médico ou nutricionista) ou os farmacêuticos Proderma. Envie um email para farmaceuticoresponde@farmaciaproderma.com.br ou entre em contato com as nossas lojas pelos telefones (19) 3447-7000 e 3421-2112.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Proderma

Desde 1982 criando produtos de qualidade com foco no cliente e rigoroso controle de processos.

PRODERMA FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO LTDA

Curta nossa página

Atendimento

Segunda a Sexta-feira:
das 8:00 as 18:00

Sábado:
das 8:00 as 12:00

Contato

contato@farmaciaproderma.com.br

 (19) 3447-7000 (Telefone - Matriz Centro)
 (19) 99883-9009 (Whatsapp - Matriz Centro)

 (19) 3421-2112 (Telefone - Filial Vila Rezende)
 (19) 99811-3752 (Whatsapp - Filial Vila Rezende)

Localização

Loja 1 (Matriz): Rua Prudente de Moraes, 917 – Centro – Piracicaba SP / CEP 13400-315

Responsável Técnico: Helena de Fátima Baptistella De Nápoli – CRF SP 8438

Autorização ANVISA: AFE nº 25351.201321/2002-41 – AE nº 25001.013346/85

Certidão de Regularidade: CRF/SP nº 8438. Licença VISA Piracicaba nº 0938/2002

CEVS nº 353870901-477-000085-1-6 AFE Autoriz/MS nº 0.09951.3 AE Autoriz/MS nº 1.34608.8

Alvará de Licença MAPA nº 1415 2009

CNPJ 50.764.604/0001-82

Loja 2 (Filial): Avenida Rui Barbosa, 519 – Vila Rezende – Piracicaba SP / CEP 13405-217

Responsável Técnico João Roberto Baptistella – CRF SP 1.13147-3

Autorização ANVISA: AFE nº 25351.202644/2002-51 – AE nº 0.09951.3

Certidão de Regularidade: CRF/SP nº 13147. Licença VISA Piracicaba nº 939/2002

CEVS nº 353870901-477-000085-1-6 AFE Autoriz/MS nº 0.09951.3 AE Autoriz/MS nº 1.12772.6

CNPJ 50.764.604/0002-63

Enxaguatório bucal fitoterápico – Prevenção e tratamento da halitose (mau hálito)

Enxaguatório bucal fitoterápico – Prevenção e tratamento da halitose (mau hálito)

No Brasil, pesquisas realizadas revelam que aproximadamente 30% da população sofre com este problema, cerca de 50 milhões de pessoas; e muitas podem vir a ter halitose em algum momento da sua vida.

São diversas as causas para a presença do mau hálito, portanto é muito importante a consulta com um profissional capacitado para o diagnóstico correto, pois o mau hálito, apesar de não ser uma doença, pode indicar a ocorrência de alguma patologia ou problema de saúde.

Para prevenir ou tratar a halitose, além dos bons hábitos alimentares e da correta higiene bucal, o uso dos enxaguatórios bucais traz benefícios para combater esse incômodo. 

Estudo recente sobre a halitose revela que dois agentes antimicrobianos, o alfa-bisabolol e o fitoterápico óleo de Tea Tree, podem ajudar na prevenção e no tratamento da halitose**, quando utilizado na forma de enxaguatório bucal. Veja a seguir o resumo* desse estudo:

*RESUMO DO ARTIGO:

A atividade antimicrobiana de alfa-bisabolol e óleo de Tea tree contra Solobacterium moorei, uma bactéria gram-positiva associada à halitose.

OBJETIVO: Investigar o efeito antimicrobiano de alfa-bisabolol e óleo de Tea tree isoladamente e em combinação contra a halitose associada bacilo Gram-positivo Solobacterium moorei.

RESULTADOS: A morte dose-dependente foi observado para os agentes antimicrobianos em um teste de exposição direta com a cepa de referência S. moorei CCUG39336. As concentrações de = 0,5% de óleo da árvore do chá causou diminuição da viabilidade maior que 5 unidades formadoras de colônia log/ml, mesmo após períodos de incubação curto, enquanto viabilidade bacteriana foi menos afetada pela alfa-bisabolol. A combinação de 0,1% de alfa-bisabolol, mais 0,05% de óleo de árvore do chá mostrou um efeito sinérgico contra a estirpe S. moorei CCUG39336.

CONCLUSÃO: halitose associada bactéria S. moorei é susceptível aos agentes antimicrobianos: óleo de Tea tree e alfa-bisabolol, sugerindo que estes compostos podem ser benéficos em produtos de saúde oral.

Ref. bibliográfica:

Arch Oral Biol. 2013 Jan, 58 (1) :10-6. doi: 10.1016/ j.archoralbio.2012.08.001. Epub 2012 Ago 29.

Forrer M, Kulik EM, Filippi A, Waltimo T.

Fonte: Instituto de Odontologia Preventiva e Microbiologia Oral da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Basel, Basileia, Suíça.

**A halitose ou mau hálito é uma condição anormal do hálito que se altera de forma desagradável. A palavra halitose se origina do latim. “Halitu” significa ar expirado e “osi” alteração. É, portanto, o odor expirado pelos pulmões, boca e narinas. 

Importante

O texto acima foi elaborado com base em estudos científicos, porém salientamos que o conteúdo é apenas de caráter informativo. Antes de adquirir e fazer uso do produto é importante consultar um profissional habilitado (seu médico ou nutricionista) ou os farmacêuticos Proderma. Envie um email para farmaceuticoresponde@farmaciaproderma.com.br ou entre em contato com as nossas lojas pelos telefones (19) 3447-7000 e 3421-2112.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Proderma

Desde 1982 criando produtos de qualidade com foco no cliente e rigoroso controle de processos.

PRODERMA FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO LTDA

Curta nossa página

Atendimento

Segunda a Sexta-feira:
das 8:00 as 18:00

Sábado:
das 8:00 as 12:00

Contato

contato@farmaciaproderma.com.br

 (19) 3447-7000 (Telefone - Matriz Centro)
 (19) 99883-9009 (Whatsapp - Matriz Centro)

 (19) 3421-2112 (Telefone - Filial Vila Rezende)
 (19) 99811-3752 (Whatsapp - Filial Vila Rezende)

Localização

Loja 1 (Matriz): Rua Prudente de Moraes, 917 – Centro – Piracicaba SP / CEP 13400-315

Responsável Técnico: Helena de Fátima Baptistella De Nápoli – CRF SP 8438

Autorização ANVISA: AFE nº 25351.201321/2002-41 – AE nº 25001.013346/85

Certidão de Regularidade: CRF/SP nº 8438. Licença VISA Piracicaba nº 0938/2002

CEVS nº 353870901-477-000085-1-6 AFE Autoriz/MS nº 0.09951.3 AE Autoriz/MS nº 1.34608.8

Alvará de Licença MAPA nº 1415 2009

CNPJ 50.764.604/0001-82

Loja 2 (Filial): Avenida Rui Barbosa, 519 – Vila Rezende – Piracicaba SP / CEP 13405-217

Responsável Técnico João Roberto Baptistella – CRF SP 1.13147-3

Autorização ANVISA: AFE nº 25351.202644/2002-51 – AE nº 0.09951.3

Certidão de Regularidade: CRF/SP nº 13147. Licença VISA Piracicaba nº 939/2002

CEVS nº 353870901-477-000085-1-6 AFE Autoriz/MS nº 0.09951.3 AE Autoriz/MS nº 1.12772.6

CNPJ 50.764.604/0002-63

Você sabe qual é a diferença entre diet e light? Contém glúten: você sabe o que significa essa informação? Gorduras saturadas e insaturadas, o que são?

Você sabe qual é a diferença entre diet e light? Contém glúten: você sabe o que significa essa informação? Gorduras saturadas e insaturadas, o que são?

Muitas pessoas consomem produtos sem saber exatamente o que estão consumindo e o que realmente significam as informações contidas nas embalagens e nos rótulos. O consumo desenfreado por produtos dietéticos ou lights, na busca por um corpo mais bonito ou por uma dieta supostamente mais saudável, pode ser perigoso. A substituição dos alimentos e uma dieta adequada devem ser elaboradas por um profissional habilitado, que avaliará exatamente o que o seu organismo pode ou não absorver, visando qualidade e segurança na alimentação de qualquer indivíduo, seja ele ainda criança, adolescente ou adulto. Portanto, é de suma importância obter uma análise clínica com o seu médico e/ou nutricionista para que os mesmos lhe auxiliem a alcançar o que deseja com relação ao seu corpo, sua saúde.

Para elucidar algumas dúvidas, a Proderma responde de forma objetiva às questões mais freqüentes, que podem auxiliar na hora da escolha de um produto, dentre tantas opções nas gôndolas de supermercados e afins.

01. Qual é a diferença entre produtos diet e light?

Diet – Nos produtos diet um dos ingredientes/nutrientes da sua formulação (açúcar, gorduras, sódio, colesterol, proteínas, por exemplo) é substituído ou eliminado em relação ao original. Os produtos diet são destinados a indivíduos que devem seguir uma dieta baseada na restrição ou redução de um determinado nutriente.

Light – São alimentos com reduções relacionadas ao conteúdo de nutrientes (como: gordura, colesterol, sódio ou açúcar) e/ou valor energético.

Para que uma dieta seja estabelecida deve ser levada em conta uma série de fatores como as características de cada pessoa, estilo de vida, hábitos alimentares etc. Como cada organismo metaboliza de forma diferente os alimentos que lhe são oferecidos, é aconselhável seguir orientações de um médico ou nutricionista para fazer uma dieta apropriada.

02. Diabéticos podem consumir produtos light?

A princípio produtos Light não são indicados para diabéticos, pois eles são caracterizados apenas pela redução nos teores dos nutrientes ou valor energético, permitindo que haja adição de açúcar, mesmo que em quantidades controladas.

03. O que é glúten?

Glúten é um conjunto de proteínas naturalmente presente no trigo, na aveia, no centeio, na cevada e nos derivados desses cereais, como o malte, por exemplo.

Pessoas portadoras de intolerância ao glúten devem eliminá-lo da alimentação. A inclusão da frase “Contém Glúten” nos rótulos facilita a identificação dos produtos que devem ser evitados.

Atenção: pessoas portadoras de doença celíaca, não devem armazenar seus alimentos isentos de glúten no mesmo local que armazena os demais alimentos que contém o mesmo. Da mesma forma, não deve usar o mesmo forno para assar seus alimentos isentos de glúten.

04. O que são gorduras saturadas e insaturadas?

Gordura Saturada – são as gorduras encontradas em sua maioria, nos alimentos de origem animal e seus derivados (manteiga, nata, queijo, creme de leite, banha, carne bovina, de porco, ovelha, leite integral, torresmo, linguiça, salsichão, gema de ovo). Poucos alimentos de origem vegetal também têm gordura saturada como a gordura do coco e o azeite de dendê. Na temperatura ambiente elas apresentam-se na forma sólida. A gordura saturada é mais estável e menos oxidável.

Gordura Insaturada – são em sua maioria, as gorduras de origem vegetal (óleos de milho, soja, margarinas vegetais, óleo de algodão, girassol, arroz, canola, etc.) que na temperatura ambiente se apresentam na forma líquida.

Estas gorduras podem ser classificadas em:

  • Monoinsaturadas: É um ácido graxo com apenas uma ligação dupla de carbono-carbono. O azeite de oliva é um exemplo de um ácido graxo monoinsaturado.
  • Poli-insaturadas: Os ácidos graxos insaturados com duas ou mais ligações duplas são considerados como poli-insaturados. O ácido linoléico (encontrado em óleos tais como os de milho e de girassol) é um exemplo de um ácido graxo poli-insaturado.

Importante

O texto acima foi elaborado com base em estudos científicos, porém salientamos que o conteúdo é apenas de caráter informativo. Antes de adquirir e fazer uso do produto é importante consultar um profissional habilitado (seu médico ou nutricionista) ou os farmacêuticos Proderma. Envie um email para farmaceuticoresponde@farmaciaproderma.com.br ou entre em contato com as nossas lojas pelos telefones (19) 3447-7000 e 3421-2112.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Proderma

Desde 1982 criando produtos de qualidade com foco no cliente e rigoroso controle de processos.

PRODERMA FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO LTDA

Curta nossa página

Atendimento

Segunda a Sexta-feira:
das 8:00 as 18:00

Sábado:
das 8:00 as 12:00

Contato

contato@farmaciaproderma.com.br

 (19) 3447-7000 (Telefone - Matriz Centro)
 (19) 99883-9009 (Whatsapp - Matriz Centro)

 (19) 3421-2112 (Telefone - Filial Vila Rezende)
 (19) 99811-3752 (Whatsapp - Filial Vila Rezende)

Localização

Loja 1 (Matriz): Rua Prudente de Moraes, 917 – Centro – Piracicaba SP / CEP 13400-315

Responsável Técnico: Helena de Fátima Baptistella De Nápoli – CRF SP 8438

Autorização ANVISA: AFE nº 25351.201321/2002-41 – AE nº 25001.013346/85

Certidão de Regularidade: CRF/SP nº 8438. Licença VISA Piracicaba nº 0938/2002

CEVS nº 353870901-477-000085-1-6 AFE Autoriz/MS nº 0.09951.3 AE Autoriz/MS nº 1.34608.8

Alvará de Licença MAPA nº 1415 2009

CNPJ 50.764.604/0001-82

Loja 2 (Filial): Avenida Rui Barbosa, 519 – Vila Rezende – Piracicaba SP / CEP 13405-217

Responsável Técnico João Roberto Baptistella – CRF SP 1.13147-3

Autorização ANVISA: AFE nº 25351.202644/2002-51 – AE nº 0.09951.3

Certidão de Regularidade: CRF/SP nº 13147. Licença VISA Piracicaba nº 939/2002

CEVS nº 353870901-477-000085-1-6 AFE Autoriz/MS nº 0.09951.3 AE Autoriz/MS nº 1.12772.6

CNPJ 50.764.604/0002-63

Aprender a comer é uma das armas contra obesidade. Dietas não foram feitas para obesos

Aprender a comer é uma das armas contra obesidade. Dietas não foram feitas para obesos

Dietas não foram feitas para os obesos. Este foi o recado de Monica Beyruti, nutricionista membro da Abeso, que participou do painel sobre Nutrição, realizado durante o XV Congresso Brasileiro de Obesidade e Síndrome Metabólica, de 30 de maio e 1º de junho, em Curitiba (PR).

Segundo a especialista, para que se atinja a perda de peso sustentável é preciso estabelecer um plano alimentar que leve em conta a presença de comorbidades, o comportamento do paciente, a possibilidade de recaídas e, claro, a inclusão de atividade física na rotina.

“Dietas promovem a privação total ou parcial da alimentação, fazendo com que 85% das pessoas que emagrecem voltem a engordar. Além da privação física, há a emocional. Durante a dieta, há uma redução das necessidades energéticas, e isso se torna um círculo vicioso. O que pode desencadear compulsões alimentares”, afirmou.

Monica defendeu o tratamento nutricional a longo prazo para a obesidade. “Se a doença é crônica, vale a pena um tratamento de choque?”, questionou, referindo-se às dietas.

Para um cardápio equilibrado, a nutricionista recomendou a presença de 20% a 30% de fibras alimentares, de 50% a 70% de carboidratos – de preferência os complexos – e 15% de proteínas. Em relação à gordura trans, foi enfática: “Ela não deveria mais existir na alimentação”.

Segundo ela, o plano alimentar não tem fim e prevê a manutenção da alimentação saudável e correta, o que leva o paciente a uma associação de prazer ao comer, e não de medo. “Esta é a perda de peso sustentável”, disse.

Para Alexander Koglin Benchimol, médico, pesquisador do IEDE da Puc-Rio e membro da diretoria da Abeso, a adesão do paciente a um novo estilo de vida saudável é essencial para o sucesso do tratamento.

Benchimol falou sobre os substitutos de refeição como um estratagema no combate à obesidade e para o controle glicêmico e metabólico. Os substitutos de refeição, segundo ele, são suplementos apresentados em pó, barras ou líquidos contendo proporções de macronutrientes e calorias exatas para substituir os alimentos. “E passam longe desses shakes da moda”, advertiu.

Segundo ele, a American Diabetes Association recomenda a ingestão dos substitutos, uma ou duas vezes ao dia. “Há evidências de melhor controle glicêmico do que as fórmulas padrão, proporcionando equilíbrio metabólico”, disse.

Benchimol apresentou um estudo randomizado, realizado em Xangai, que constatou melhora de pressão arterial, dos níveis de glicemia, perda de peso, diminuição da circunferência abdominal e melhor equilíbrio metabólico em pacientes que utilizaram substitutos de refeição no café da manhã.

O médico ressaltou a importância dos substitutos, mas lembrou: “o objetivo não é competir com as diretrizes de um plano alimentar, por exemplo, mas sim ajudar a cumpri-las”.

Outros dois poderosos aliados do emagrecimento são os pré e probióticos, ambos tema de palestra de Regina Maria Vilela, especialista em nutrição clínica e mestre em bioquímica pela Universidade Federal do Paraná.

Os chamados probióticos são microorganismos vivos da flora intestinal normal, ou seja, são as bactérias presentes normalmente no intestino, com a função de auxiliar seu funcionamento e proteger o corpo de bactérias que possam fazer mal.

Alimentos como cebola, tomate, centeio, banana, e alho são ricos em probióticos, segundo Regina Vilela. A intolerância a eles pode acontecer, mas varia de indivíduo para indivíduo.

Já os prebióticos são fibras não digeríveis, mas que fermentam no intestino e estimulam o crescimento das bactérias probióticas. Além de melhorar o funcionamento do intestino e diminuir os riscos de infecções, os prebióticos também podem diminuir a absorção de gorduras pelo intestino.

Segundo a especialista, diversos estudos têm sido feitos para provar que os pré e probióticos auxiliam na diminuição da grelina e no aumento do peptídeo YY, ambos com efeito direto na redução do apetite, no consumo de carboidratos e, consequentemente, em melhores níveis de glicemia. Por protegerem o intestino e regularem o seu funcionamento, aumentando a produção de GLP2, as pesquisas sugerem que o paciente obeso fique menos propenso a receber endotoxinas, o que melhoraria a resposta inflamatória. “Os prebióticos e probióticos podem modular a resposta intestinal atuando como mediadores do apetite e promovendo a perda de peso”, afirmou.

Os estudos sobre este tema, e que buscam isolar tais substâncias para propor novos tratamentos, ainda são iniciais. “Mas o que sabemos com garantia é que eles estão nos alimentos, fazem parte da nossa alimentação. Eles não se sobrepõem a uma alimentação balanceada e, sozinhos, não vão resolver. Os estudos ainda são iniciais, mas já se sabe que eles possuem efeitos benéficos”.

Texto: Aline Moura, especial para o site da Abeso

Fonte:http://www.abeso.org.br/lenoticia/1029/aprender+a+comer+e+arma+contra+obesidade+dietas+nao+foram+feitas+para+os+obesos.shtml

Importante

O texto acima foi elaborado com base em estudos científicos, porém salientamos que o conteúdo é apenas de caráter informativo. Antes de adquirir e fazer uso do produto é importante consultar um profissional habilitado (seu médico ou nutricionista) ou os farmacêuticos Proderma. Envie um email para farmaceuticoresponde@farmaciaproderma.com.br ou entre em contato com as nossas lojas pelos telefones (19) 3447-7000 e 3421-2112.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Proderma

Desde 1982 criando produtos de qualidade com foco no cliente e rigoroso controle de processos.

PRODERMA FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO LTDA

Curta nossa página

Atendimento

Segunda a Sexta-feira:
das 8:00 as 18:00

Sábado:
das 8:00 as 12:00

Contato

contato@farmaciaproderma.com.br

 (19) 3447-7000 (Telefone - Matriz Centro)
 (19) 99883-9009 (Whatsapp - Matriz Centro)

 (19) 3421-2112 (Telefone - Filial Vila Rezende)
 (19) 99811-3752 (Whatsapp - Filial Vila Rezende)

Localização

Loja 1 (Matriz): Rua Prudente de Moraes, 917 – Centro – Piracicaba SP / CEP 13400-315

Responsável Técnico: Helena de Fátima Baptistella De Nápoli – CRF SP 8438

Autorização ANVISA: AFE nº 25351.201321/2002-41 – AE nº 25001.013346/85

Certidão de Regularidade: CRF/SP nº 8438. Licença VISA Piracicaba nº 0938/2002

CEVS nº 353870901-477-000085-1-6 AFE Autoriz/MS nº 0.09951.3 AE Autoriz/MS nº 1.34608.8

Alvará de Licença MAPA nº 1415 2009

CNPJ 50.764.604/0001-82

Loja 2 (Filial): Avenida Rui Barbosa, 519 – Vila Rezende – Piracicaba SP / CEP 13405-217

Responsável Técnico João Roberto Baptistella – CRF SP 1.13147-3

Autorização ANVISA: AFE nº 25351.202644/2002-51 – AE nº 0.09951.3

Certidão de Regularidade: CRF/SP nº 13147. Licença VISA Piracicaba nº 939/2002

CEVS nº 353870901-477-000085-1-6 AFE Autoriz/MS nº 0.09951.3 AE Autoriz/MS nº 1.12772.6

CNPJ 50.764.604/0002-63

Combatendo os radicais livres

Combatendo os radicais livres

As proantocianidinas são extraídas das sementes da uva (vitis vinifera) e são utilizadas por sua capacidade de combater radicais livres. Em numerosos estudos, o extrato demonstrou potencial antioxidante, ainda melhor do que a vitamina E (Hirose, 1984;Maffei, 1994; Uchida, S. 1987 a). As proantocianidinas são de 15 a 25 vezes mais potentes que a vitamina E para neutralizar radicais livres.

Os radicais livres estão relacionados a mais de uma centena de doenças em humanos, incluindo artrite, choque hemorrágico, aterosclerose, isquemia e reperfusão de muitos órgãos, doença de Alzheimer e de Parkinson, disfunções gastrointestinais, tumores e carcinogénese, dentre outras. Substâncias antioxidantes são eliminadores potentes de radicais livres e atuam como inibidores de processos neoplásicos.

Um grande número de antioxidantes sintéticos e naturais têm sido usados para melhorar saúde e prevenir doenças. No entanto a atividade, a biodisponibilidade e a eficácia terapêutica dos antioxidantes diferem amplamente.

Proantocianidinas, antioxidantes amplamente disponíveis em frutas, vegetais, nozes e outras sementes, assim como flores e cascas; possuem um amplo espectro de atividades biológicas, farmacológicas e terapêuticas contra os radicais livres e o estresse oxidativo.

Estudos foram feitos para avaliar a dose necessária de proantocianidinas de semente de uva (GSPE) tanto in vitro in vivo, para eliminar os radicais livres e também para comparar a capacidade de eliminação dos mesmos. Para os estudos foram usados  GSPE mais vitaminas C, E e beta- caroteno. Estas experiências demonstraram que as Proantocianidinas são altamente biodisponíveis e fornecem maior proteção contra os radicais livres e danos ao DNA, do que as vitaminas C, E e beta-caroteno.

Proantocianidinas também demonstraram excelente proteção para fígado e rins, nos casos de overdose por paracetamol,possivelmente pela redução do estresse oxidativo.

A aplicação tópica de GSPE aumentou o fator de proteção solar, em voluntários humanos. Estes resultados demonstram que GSPE oferece excelente proteção contra o estresse oxidativo e lesão tecidual mediadas por radicais livres.

Ref. Bibliografica:

Toxicology. 2000 Aug 7;148(2-3):187-97.
Free radicals and grape seed proanthocyanidin extract: importance in human health and disease prevention.
Bagchi D, Bagchi M, Stohs SJ, Das DK, Ray SD, Kuszynski CA, Joshi SS, Pruess HG.
SourceDepartment of Pharmaceutical and Administrative Sciences, Creighton University School of Pharmacy & Allied Health Professions, 2500 California Plaza, Omaha, NE 68178, USA. debsis@bluejay.creighton.edu

Importante

O texto acima foi elaborado com base em estudos científicos, porém salientamos que o conteúdo é apenas de caráter informativo. Antes de adquirir e fazer uso do produto é importante consultar um profissional habilitado (seu médico ou nutricionista) ou os farmacêuticos Proderma. Envie um email para farmaceuticoresponde@farmaciaproderma.com.br ou entre em contato com as nossas lojas pelos telefones (19) 3447-7000 e 3421-2112.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no email
Email
Proderma

Desde 1982 criando produtos de qualidade com foco no cliente e rigoroso controle de processos.

PRODERMA FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO LTDA

Curta nossa página

Atendimento

Segunda a Sexta-feira:
das 8:00 as 18:00

Sábado:
das 8:00 as 12:00

Contato

contato@farmaciaproderma.com.br

 (19) 3447-7000 (Telefone - Matriz Centro)
 (19) 99883-9009 (Whatsapp - Matriz Centro)

 (19) 3421-2112 (Telefone - Filial Vila Rezende)
 (19) 99811-3752 (Whatsapp - Filial Vila Rezende)

Localização

Loja 1 (Matriz): Rua Prudente de Moraes, 917 – Centro – Piracicaba SP / CEP 13400-315

Responsável Técnico: Helena de Fátima Baptistella De Nápoli – CRF SP 8438

Autorização ANVISA: AFE nº 25351.201321/2002-41 – AE nº 25001.013346/85

Certidão de Regularidade: CRF/SP nº 8438. Licença VISA Piracicaba nº 0938/2002

CEVS nº 353870901-477-000085-1-6 AFE Autoriz/MS nº 0.09951.3 AE Autoriz/MS nº 1.34608.8

Alvará de Licença MAPA nº 1415 2009

CNPJ 50.764.604/0001-82

Loja 2 (Filial): Avenida Rui Barbosa, 519 – Vila Rezende – Piracicaba SP / CEP 13405-217

Responsável Técnico João Roberto Baptistella – CRF SP 1.13147-3

Autorização ANVISA: AFE nº 25351.202644/2002-51 – AE nº 0.09951.3

Certidão de Regularidade: CRF/SP nº 13147. Licença VISA Piracicaba nº 939/2002

CEVS nº 353870901-477-000085-1-6 AFE Autoriz/MS nº 0.09951.3 AE Autoriz/MS nº 1.12772.6

CNPJ 50.764.604/0002-63