fbpx
3447-7000 / 3421-2112 contato@farmaciaproderma.com.br

Os hormônios são substâncias produzidas naturalmente pelo organismo, através do sistema endócrino ou por neurônios altamente especializados. Os hormônios servem para regular funções específicas dentro do nosso corpo. Por terem uma finalidade tão importante, muitas pessoas precisam realizar uma reposição caso não estejam com a produção hormonal regulada, para que sua saúde não seja prejudicada. Conheça a terapia da modulação hormonal bioidêntica.   

O que são hormônios bioidênticos? 

Os hormônios bioidênticos são hormônios artificiais que possuem a mesma estrutura dos hormônios naturais, portanto agem de maneira fisiológica idêntica. São obtidos através da engenharia genética e são manipulados especialmente para atender às necessidades dos pacientes. 

Terapia da Modulação Hormonal Bioidêntica 

A terapia da modulação hormonal bioidêntica é um método utilizado para traçar o perfil hormonal dos pacientes e encontrar as defasagens decorrentes do declínio da produção hormonal, que pode acarretar em uma série de problemas fisiológicos. 

Foi desenvolvida para reequilibrar os níveis hormonais em homens e mulheres e evitar que a renovação celular entre em  um nível acentuado de diminuição, abrindo espaço para diversas condições e doenças relacionadas ao envelhecimento, como por exemplo, a perda muscular, sintomas relacionados à depressão, desinteresse sexual e problemas relacionados à memória e saúde do sono. 

Conheça os principais benefícios da terapia da modulação hormonal bioidêntica 

  1. Fortalece o sistema cardiovascular e suas funções, protegendo o coração;
  2. Promove melhora no sistema imunológico, evitando o aparecimento de doenças que se aproveitam da baixa imunidade para se estabelecer;
  3. Beneficia o emagrecimento saudável e a reposição muscular;
  4. Combate a queda da libido, auxiliando nas questões relacionadas ao bem-estar sexual;
  5. Auxilia no tratamento das flutuações do humor;
  6. Alivia sintomas do estresse crônico e insônia;
  7. Ajuda na prevenção de condições e patologias ligadas ao envelhecimento, como a osteoporose ou ainda, o Alzheimer e o Mal de Parkinson;
  8. Nas mulheres, ajuda a diminuir os impactos da menopausa. 

É válido reforçar que o tratamento deve ser indicado através de um médico, que irá solicitar a realização de exames e analisar quais as condições do paciente e que características o tratamento precisa cobrir.