fbpx
3447-7000 / 3421-2112 contato@farmaciaproderma.com.br

Muitas condições de saúde podem ser tratadas através da correta suplementação e associação de substâncias que são benéficas para a regulação do organismo. Saiba a seguir a relação entre o monascus purpureus e a coenzima Q10 no tratamento da dislipidemia. 

O que é dislipidemia?

A dislipidemia é uma doença caracterizada por anomalias nos níveis de lipídeos presentes no sangue, principalmente verificados no colesterol total e triglicéridos. Quando esses níveis estão alterados, apresentando grau elevado, é possível que ocorra o acúmulo de placas de gordura nas artérias do organismo. Este acúmulo, por sua vez, pode ocasionar obstruções na circulação do sangue, de forma parcial ou total, o que afeta o fluxo sanguíneo que precisa chegar ao coração e ao cérebro. 

Causas

As dislipidemias possuem duas causas principais. A primeira delas está relacionada a fatores genéticos, quando há casos na família do paciente. Já a dislipidemia secundária, pode ser ocasionada pela presença de outras doenças que o paciente já possua, como diabetes, por exemplo, ou ainda pelo uso de medicações, como corticóides e diuréticos. 

Sintomas

Não existem sintomas relacionados à dislipidemia, a única forma segura de realizar o diagnóstico é através de exames de sangue periódicos. 

O que é Monascus purpureus

O Monascus purpureus é um tipo de levedura vermelha, muito comum no arroz vermelho. Esse bolor de cor púrpura também é conhecido como ang-khak. Esse fungo é muito utilizado pela medicina tradicional chinesa, principalmente na forma de levedura do arroz vermelho, usado em diversas formulações farmacológicas e também na produção de alimentos. 

O que é a Coenzima Q10? 

A coenzima Q10, que também é conhecida como ubiquinona, é uma substância importante para a produção de energia no organismo. Está presente em todas as células do corpo, sendo produzida naturalmente. Contudo, pode também ser obtida através da alimentação ou suplementação. 

Qual a relação entre o Monascus purpureus e a Coenzima Q10 no tratamento da dislipidemia? 

A dislipidemia é caracterizada pelo aumento dos níveis de colesterol e triglicerídeos no sangue. O seu tratamento está atrelado a mudanças de hábitos alimentares e a prática regular de exercícios, que podem ser aliados ainda ao uso de suplementos. 

O M. purpureus e a coenzima Q10 são ótimos aliados ao tratamento da dislipidemia, visto que ambas as substâncias possuem capacidade de diminuir os níveis de colesterol e triglicerídeos no organismo, através de suas propriedades. 

O M. purpureus atua diminuindo a produção do colesterol no fígado, o que acarreta na diminuição dos níveis de colesterol total, do colesterol LDL e dos triglicerídeos. Já a coenzima Q10 inibe a absorção intestinal do colesterol. Portanto, o uso associado da suplementação das duas substâncias combinado ainda com um estilo de vida saudável, se mostra muito eficaz no tratamento da dislipidemia.