• CONHEÇA NOSSAS LOJAS
  • (19) 99883-9009 / (19) 99811-3752
  • (19) 3447-7000 / (19) 3421-2112
  • contato@farmaciaproderma.com.br

Curcuma longa 250mg 60 Cáps

Cod: 007964

R$76,00

Curcuma longa 250mg 60 Cáps

Retire na loja

Selecione local de Retirada


NÃO SEI MEU CEP

Curcuma longa 250mg 60 Cápsulas


A Curcuma tem potente ação anti-inflamatória e antioxidante, sendo forte aliada em doenças reumáticas (como a artrite reumatoide), por exemplo.

Benefícios

- Antioxidante;

- Anti-inflamatório;

- Antirreumático;

- Imunoestimulante

- Controle do colesterol;

- Dispepsia não-ulcerosa;

- Dismenorreia;

- Dor muscular.

Modo de usar: se não houver orientação médica contrária, recomenda-se tomar 1 a 2 cápsulas ao dia, durante as refeições. Ingerir com líquido.

Mecanismo de ação

Na medicina Ayurvédica, o rizoma de cúrcuma tem sido usado por séculos como tônico (equilibra os 3 doshas) para problemas gastrointestinais, desintoxicante, e auxiliar para o fornecimento de energia para o organismo. Ele também tem sido usado topicamente em várias doenças de pele, como por exemplo a psoríase.

Quando misturado ao gel da babosa, resulta em uma pasta usada na India para eliminar as impurezas do corpo e tonifica-lo. Este preparado ayurvédico recebe o nome de Haridra Kumari.

A atividade antioxidante da Cúrcuma extrato seco padronizado, está principalmente associada com a sua fração fenólica, os curcuminoides, que atuam tanto como varredores de radicais livres como inibidores da síntese de leucotrienos e prostaglandina.

A atividade anti-inflamatória tem sido relacionada como comparável aos AINES (como a indometacina), produzindo significante melhoras observadas em estudos clínicos realizados com indivíduos com artrite reumatoide.

É relatado que os curcuminóides baixam os níveis sanguíneos de peróxidos lipídicos e pode diminuir o colesterol total e o colesterol LDL, aumentando o colesterol HDL.

Tem sido sugerido que a aparente ação quimioprotetora da curcumina está relacionada à sua habilidade para inibir competitivamente as isoenzimas citocromo P-450 responsáveis pela ativação metabólica de carcinógenos, como benzo[a]pireno e aflotoxina B1.

A curcumina inibe seletivamente o CYP 1A1/1A2 e isso enzimas 2B1/2B2 numa faixa de alta concentração nanomolar a baixa concentração micromolar, níveis que certamente são obtidos, mesmo em uma pobre cinética de absorção para este agente.

IMPORTANTE: ao adquirir um extrato de cúrcuma, é muito importante verificar a concentração de curcuminoides presentes, pois eles determinam a eficácia do produto.

Composição por cápsula: Curcuma longa E.S. (95% de curcuminóides) 250mg e Excipiente q.s.p. 1 cápsula.

Advertências, contraindicações e precauções

1. Nunca compre medicamentos/suplementos/cosméticos sem orientação de um profissional habilitado.

2. Imagens meramente ilustrativas.

3. Pessoas com hipersensibilidade à(s) substância(s) não devem ingerir e/ou aplicar o produto.

4. Em caso de hipersensibilidade, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.

5. Não use o medicamento/suplemento/cosmético com o prazo de validade vencido.

6. Mantenha o medicamento/suplemento/cosmético em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteja da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento/suplemento/cosmético se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

7. Todo medicamento/suplemento/cosmético deve ser mantido fora do alcance de crianças.

8. Este medicamento/suplemento/cosmético não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica ou do profissional legalmente habilitado.

9. Medicamentos/suplementos encapsulados não deverão ser partidos, mastigados ou ter o conteúdo misturado diretamente em líquidos. Cosméticos não devem ser misturados, aquecidos, resfriados ou diluídos, a não ser que você receba orientação contrária. Respeite a forma farmacêutica prescrita pelo profissional.

10. Siga corretamente o modo de usar.

11. "O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário o direito à informação e orientação quanto ao uso de medicamentos solicitados por acesso remoto" RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.

12. Preços e condições exclusivos para o site da Proderma. Os preços podem sofrer alterações sem prévia notificação.

13. Os medicamentos vendidos sob prescrição só serão dispensados mediante a apresentação da receita enviada via fax, e-mail ou link da receita digital. Evite a automedicação, medicamentos podem causar efeitos indesejados. Procure sempre um médico ou informe-se com a equipe farmacêutica Proderma.

14. Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico, conforme a Resolução 586/2013 do Conselho Federal de Farmácia. Consulte-nos.

15. Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante deste insumo farmacêutico. Não garantimos os resultados descritos, pois variam de pessoa para pessoa, dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos e presença de outras patologias, bem como o uso correto do produto conforme descrito na posologia."

16. As descrições dos medicamentos/suplementos/cosméticos neste site não se tratam de propaganda, mas explicações sobre os mecanismos de ação e efeitos avaliados cientificamente dos mesmos. Consulte sempre um profissional legalmente habilitado antes de fazer uso de qualquer medicamento/suplemento/cosmético.

17. Não recomendamos o uso de qualquer medicamento/suplemento/cosmético por gestantes, lactantes (mulheres amamentando) ou crianças, salvo sob recomendação médica ou de profissional legalmente habilitado.

18. A Proderma é uma farmácia de manipulação e, portanto, os produtos anunciados neste site serão produzidos sob encomenda. Estes pedidos usualmente ficam prontos em 48h.

12. Curcuma longa é contra indicada para grávidas devido ao efeito estimulante uterino e também para mulheres no período de lactação.

13. Efeitos Adversos: São raros, porém foram relatados casos isolados de delírios, sonolência e problemas estomacais.

14. Baseado na sua atividade farmacológica, a Cúrcuma é contraindicada na obstrução biliar.

15. Deve ser utilizado com precaução em indivíduos com doenças gastrointestinais (úlcera péptica, colite ulcerativa, Doença de Crohn).

16. Pode alterar a agregação plaquetária. Baseado na sua atividade farmacológica, esta planta pode ser contraindicada para indivíduos com sangramento ativo (ex. úlcera péptica, sangramento intracranial). Deve ser utilizada com precaução em indivíduos com histórico de sangramento, distúrbio hemostático ou problema hemostáticos relacionados com medicamentos.

17. Deve ser utilizado com cautela em indivíduos que fazem uso de medicações anticoagulantes, incluindo varfarina, ácido acetilsalicílico, anti-inflamatórios não-esteroidais (AINEs), agentes antiplaquetários (ex. ticlopidina, dipiridamol).

18. Seu uso deve ser descontinuado pelo menos 14 dias antes de procedimentos cirúrgicos maiores.

19. Interações medicamentosas: anticoagulantes, ácido acetilsalicílico, AINEs, agentes antiplaquetários, antihiperlipidêmicos. Existe o potencial de interação para diversos medicamentos devido ao fato que a curcumina inibe as isoenzimas P-450.

20. Pacientes que recebem tratamento diário com extratos de cúrcuma devem evitar a excessiva exposição solar, reduzindo, assim, as chances de fenômenos de fotossensibilidade.

21. Este produto é contraindicado para crianças menores de 4 anos de idade.

Informações:

PRODERMA FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO LTDA

Responsável técnico: Helena de Fátima Baptistella de Nápoli - CRF SP 8438

Loja 1 (Matriz): Rua Prudente de Moraes, 917 - Centro - Piracicaba SP / CEP: 13400-315

Tel: (19) 3447-7000 / Whatsapp: (19) 99883-9009

Loja 2 (Filial): Avenida Rui Barbosa, 519 - Vila Rezende - Piracicaba SP / CEP: 13405-217

Tel: (19) 3421-2112 / Whatsapp: (19) 99811-3752

Referências

1. Thamlikitkul, V.; Bunyapraphatsara, N.; Dechatiwongse, T.; et al. Randomized double blind study of Curcuma domestica Val. For dyspesia. J. Med. Assoc. Thai. 1989;72:613-620.

2. Ammon, H.P.; Wahl, M.A. Pharmacology of Curcuma longa. Plant Med, 1991, 57(1):1-7.

3. Ammon, H.P.; Safayhi, H.; Mack, t.; et al. Mechanism of Anti-inflamatory Actions of Curcumin and Boswellic Acids. J Ethnopharmacol, 1993; 38(2-3):113-9.

4. Smith, WA; Freeman, JW; Gupta, RC. Effect of chemopreventive agents on DNA aduction induced by potent mammary carcinogen dibenzo[a,1] pireno in the human breast cells MCF-7. Mutat Res. 2001;480-481:97-108.

5. Bratman, S.; Girman,A.M. Handbook of Herbs and Supplements and their Therapeutic Uses. 1st ed. St. Louis: Mosby, 2003. p.501-504.

6. Oetari, S.; Sudibyo, M.; Commandeur, JN; et al. Effects of curcumin on cytochrome P450 and glutathione S-transferase activities in rat liver. Biochem Pharmacol .1996; 51:39-45.

7. Alonso, J. Tratado de Fitofármacos y Nutracéuticos. 1ª ed. Rosario- Argentina: Editorial Corpus, 2004.p.395-403.

8. Krinsky, D.L. et al. Natural Therapeutics Pocket Guide. 2nd ed. Hudson: Lexi-Comp Inc, 2003.

9. Simões, C. M. O. et al. Farmacognosia - da planta ao medicamento. 4ª edição, 2002.

10. Batistuzzo, J. A. O. et al. Formulário médico Farmacêutico. 2ª edição, 2002.

11. Schulz, V. et al. Fitoterapia Racional. 4ª edição, 2002.

Sem maiores informações, consulte-nos

Depoimentos deste produto