• CONHEÇA NOSSAS LOJAS
  • (19) 99883-9009 / (19) 99811-3752
  • (19) 3447-7000 / (19) 3421-2112
  • contato@farmaciaproderma.com.br

Castanha da Índia Composta 60 cápsulas

Cod: 001153

R$58,50

Castanha da Índia Composta 60 cápsulas

Retire na loja

Selecione local de Retirada


NÃO SEI MEU CEP

Castanha da índia composta 60 cápsulas

A Castanha-da-índia composta é constituída pelo extrato seco dos princípios ativos: Aesculus hippocastanum L. (Castanha da Índia), Hamamelis virginiana, Ginkgo biloba, vitamina C e Rutina. Juntos, esses componentes apresentam funções farmacológicas que auxiliam a vascularização e, portanto, a circulação sanguínea.

Benefícios

- Auxilia no tratamento de fragilidade capilar;

- Auxilia no tratamento de insuficiência venosa;

- Aumento da resistência capilar;

- Auxiliar no tratamento de varizes e hemorroidas.

Modo de usar: se não houver orientação médica contrária, recomenda-se tomar 1 a 2 cápsulas ao dia. Ingerir com líquido.

Castanha-da-índia

A Castanha-da-índia corresponde ao fruto da árvore castanheiro-da-índia (Aesculus hippocastanum, família Hippocastanaceae) que, apesar de se apresentar de maneira robusta, atinge até 25 metros de altura e possui copas grandes e abobadadas. Suas sementes contêm alto teor de flavonoides oligosídeos de quercetina e kampferol.

Hamamelis virginiana

Hamamelis virginiana (família Hamamelidaceae), popularmente conhecida como Hamamélis, é uma planta arbustiva, de origem americana, que apresenta altura máxima de 3,5 metros. É composta por flores amarelas e frutos capsulares. É constituída pelos princípios ativos taninos, óleos essenciais, saponinas, resinas, flavonoides e ácidos fenólicos cujas propriedades terapêuticas são aplicadas, principalmente, em casos de hemorroidas e edemas.

Ginkgo biloba

Ginkgo biloba é uma árvore de origem chinesa que perde todas as suas folhas no inverno. Por ter sobrevivido à explosão atômica em Hiroshima, na Segunda Guerra Mundial, é símbolo de paz e longevidade, sendo, também, considerada um eficaz agente antioxidante.

Vitamina C

A vitamina C (ácido ascórbico) é um nutriente essencial às reações bioquímicas do organismo, que apresenta ação anti radicais livres (antioxidante) e exerce efeito positivo no crescimento e na reparação do tecido conjuntivo, promovendo a manutenção do tônus e da firmeza da pele.

Rutina

A Rutina (vitamina P) é um bioflavonóide sintetizado, principalmente, por vegetais folhosos e frutas cítricas. Rutina é indicado no tratamento de varizes (aumenta a resistência dos vasos capilares); auxiliar na prevenção de hemorroidas.

Mecanismo de ação

As saponinas, os flavonoides e as cumarinas, presentes na castanha-da-índia, além de regularem a permeabilidade dos vasos sanguíneos, reduzem a liberação de citocinas (moléculas pró-inflamatórias), inibindo a formação de edemas e auxiliando a resistência capilar, apresentando, portanto, funções venotônica (aumento do tônus vascular) e venotrópica (fortalecimento das veias).

Os outros componentes biológicos da castanha-da-índia composta atuam sobre o sistema circulatório modulando a coagulação e a viscosidade sanguínea, fortalecendo o tônus capilar e a homeostasia (equilíbrio) do organismo.

O composto tanino encontrado na Hamamélis apresenta propriedade adstringente que, ao promover efeito analgésico e vasoconstritor, contribui para o alívio dos sintomas da hemorroida (p. ex: perda de liquido mucoso e sanguíneo, calor e ardência).

Os taninos apresentam efeito inibitório sobre a enzima 5-lipoxigenase (5-LOX) reduzindo a síntese de leucotrienos e os sintomas da inflamação. Já as proantocianidinas inibem a produção do fator ativador de plaquetas (PAF) diminuindo a agregação plaquetária e a manifestação clínica do perfil pró-inflamátorio.

Composição por cápsula: Aesculus hippocastanum E.S. 250mg, Diosmina 50mg, Ginkgo biloba E.S. 24% 10mg, Rutina (Vitamina P) 50mg, Vitamina C 50mg e Excipiente q.s.p. 1 cápsula.

Advertências, contraindicações e precauções

1. Nunca compre medicamentos/suplementos/cosméticos sem orientação de um profissional habilitado.

2. Imagens meramente ilustrativas.

3. Pessoas com hipersensibilidade à(s) substância(s) não devem ingerir e/ou aplicar o produto.

4. Em caso de hipersensibilidade, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.

5. Não use o medicamento/suplemento/cosmético com o prazo de validade vencido.

6. Mantenha o medicamento/suplemento/cosmético em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteja da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento/suplemento/cosmético se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

7. Todo medicamento/suplemento/cosmético deve ser mantido fora do alcance de crianças.

8. Este medicamento/suplemento/cosmético não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica ou do profissional legalmente habilitado.

9. Medicamentos/suplementos encapsulados não deverão ser partidos, mastigados ou ter o conteúdo misturado diretamente em líquidos. Cosméticos não devem ser misturados, aquecidos, resfriados ou diluídos, a não ser que você receba orientação contrária. Respeite a forma farmacêutica prescrita pelo profissional.

10. Siga corretamente o modo de usar.

11. "O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário o direito à informação e orientação quanto ao uso de medicamentos solicitados por acesso remoto" RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.

12. Preços e condições exclusivos para o site da Proderma. Os preços podem sofrer alterações sem prévia notificação.

13. Os medicamentos vendidos sob prescrição só serão dispensados mediante a apresentação da receita enviada via fax, e-mail ou link da receita digital. Evite a automedicação, medicamentos podem causar efeitos indesejados. Procure sempre um médico ou informe-se com a equipe farmacêutica Proderma.

14. Venda sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico, conforme a Resolução 586/2013 do Conselho Federal de Farmácia. Consulte-nos.

15. Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante deste insumo farmacêutico. Não garantimos os resultados descritos, pois variam de pessoa para pessoa, dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos e presença de outras patologias, bem como o uso correto do produto conforme descrito na posologia."

16. As descrições dos medicamentos/suplementos/cosméticos neste site não se tratam de propaganda, mas explicações sobre os mecanismos de ação e efeitos avaliados cientificamente dos mesmos. Consulte sempre um profissional legalmente habilitado antes de fazer uso de qualquer medicamento/suplemento/cosmético.

17. Não recomendamos o uso de qualquer medicamento/suplemento/cosmético por gestantes, lactantes (mulheres amamentando) ou crianças, salvo sob recomendação médica ou de profissional legalmente habilitado.

18. A Proderma é uma farmácia de manipulação e, portanto, os produtos anunciados neste site serão produzidos sob encomenda. Estes pedidos usualmente ficam prontos em 48h.

19. Este produto é contraindicado para pacientes que apresentem hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

20. Este produto é contraindicado para pacientes com desordem nos rins, no fígado e/ou lesões no estômago;

21. Este produto é contraindicado para gestantes e lactantes;

22. Este produto é contraindicado para pacientes crianças menores de 12 anos.

Informações:

PRODERMA FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO LTDA

Responsável técnico: Helena de Fátima Baptistella de Nápoli - CRF SP 8438

Loja 1 (Matriz): Rua Prudente de Moraes, 917 - Centro - Piracicaba SP / CEP: 13400-315

Tel: (19) 3447-7000 / Whatsapp: (19) 99883-9009

Loja 2 (Filial): Avenida Rui Barbosa, 519 - Vila Rezende - Piracicaba SP / CEP: 13405-217

Tel: (19) 3421-2112 / Whatsapp: (19) 99811-3752

Referências

1. Bährle-Rapp M, Bährle-Rapp M. Aesculus hippocastanum. In: Springer Lexikon Kosmetik Und Körperpflege. ; 2010. doi:10.1007/978-3-540-71095-0_227

2. Küçükkurt I, Ince S, Keleº H, et al. Beneficial effects of Aesculus hippocastanum L. seed extract on the bodys own antioxidant defense system on subacute administration. J Ethnopharmacol. 2010. doi:10.1016/j.jep.2010.02.017

3. Longo L, Vasapollo G. Extraction and identification of anthocyanins from Smilax aspera L. berries. Food Chem. 2006. doi:10.1016/j.foodchem.2004.11.008

4. Lima SS de, Tavares ES, Moreira D de L, Leitão GG, Esquibel MA. Anatomia de folha e caule e quantificação espectrofotométrica de fenóis totais e taninos da erva-de-bicho (Polygonum acre Kunth var. aquatile Meisn.). Rev Bras Botânica. 2009. doi:10.1590/s0100-84042009000200013

5. Dawid-Paæ R. Medicinal plants used in treatment of inflammatory skin diseases. Postep Dermatologii i Alergol. 2013. doi:10.5114/pdia.2013.35620

6. Tabassum N, Hamdani M. Plants used to treat skin diseases. Pharmacogn Rev. 2014. doi:10.4103/0973-7847.125531

7. Figueroa-Méndez R, Rivas-Arancibia S. Vitamin C in health and disease: Its role in the metabolism of cells and redox state in the brain. Front Physiol. 2015. doi:10.3389/fphys.2015.00397

Castanha da índia composta


Sobre o produto
A castanha-da-índia composta é constituída pelo extrato seco dos princípios ativos: Aesculus hippocastanum L. (Castanha da Índia), Hamamelis virginiana, Ginkgo biloba, vitamina C e Rutina. Juntos, esses componentes apresentam funções farmacológicas que auxiliam a vascularização e, portanto, a circulação sanguínea.

Castanha-da-índia
A Castanha-da-índia corresponde ao fruto da árvore castanheiro-da-índia (Aesculus hippocastanum, família Hippocastanaceae) que, apesar de se apresentar de maneira robusta, atinge até 25 metros de altura e possui copas grandes e abobadadas. Suas sementes contêm alto teor de flavonoides oligosídeos de quercetina e kampferol.

Hamamelis virginiana
Hamamelis virginiana (família Hamamelidaceae), popularmente conhecida como Hamamélis, é uma planta arbustiva, de origem americana, que apresenta altura máxima de 3,5 metros. É composta por flores amarelas e frutos capsulares. É constituída pelos princípios ativos taninos, óleos essenciais, saponinas, resinas, flavonoides e ácidos fenólicos cujas propriedades terapêuticas são aplicadas, principalmente, em casos de hemorroidas e edemas.

Ginkgo biloba
Ginkgo biloba é uma árvore de origem chinesa que perde todas as suas folhas no inverno. Por ter sobrevivido à explosão atômica em Hiroshima, na Segunda Guerra Mundial, é símbolo de paz e longevidade, sendo, também, considerada um eficaz agente antioxidante.

Vitamina C
A vitamina C (ácido ascórbico) é um nutriente essencial às reações bioquímicas do organismo, que apresenta ação antirradicais livres (antioxidante) e exerce efeito positivo no crescimento e na reparação do tecido conjuntivo, promovendo a manutenção do tônus e da firmeza da pele.




Rutina
A Rutina (vitamina P) é um bioflavonoide sintetizado, principalmente, por vegetais folhosos e frutas cítricas.

Aplicações segundo a literatura

Principais:
? Auxilia no tratamento de fragilidade capilar
? Auxilia no tratamento de insuficiência venosa
? Aumento da resistência capilar
? Auxiliar no tratamento de varizes e hemorroidas


Mecanismo de ação
As saponinas, os flavonoides e as cumarinas, presentes na castanha-da-índia, além de regularem a permeabilidade dos vasos sanguíneos, reduzem a liberação de citocinas (moléculas pró-inflamatórias), inibindo a formação de edemas e auxiliando a resistência capilar, apresentando, portanto, funções venotônica (aumento do tônus vascular) e venotrópica (fortalecimento das veias).
Os outros componentes biológicos da castanha-da-índia composta atuam sobre o sistema circulatório modulando a coagulação e a viscosidade sanguínea, fortalecendo o tônus capilar e a homeostasia (equilíbrio) do organismo.
O composto tanino encontrado na Hamamélis apresenta propriedade adstringente que, ao promover efeito analgésico e vasoconstritor, contribui para o alívio dos sintomas da hemorroida (p. ex: perda de liquido mucoso e sanguíneo, calor e ardência).
Os taninos apresentam efeito inibitório sobre a enzima 5-lipoxigenase (5-LOX) reduzindo a síntese de leucotrienos e os sintomas da inflamação. Já as proantocianidinas inibem a produção do fator ativador de plaquetas (PAF) diminuindo a agregação plaquetária e a manifestação clínica do perfil pró-inflamátorio.

Modo de usar
- Se não houver recomendação médica contrária, recomenda-se tomar 1 cápsula 2 vezes ao dia.

Contraindicações
- Em caso de sensibilidade aos componentes da fórmula
- Em casos de desordem nos rins, no fígado e/ou lesões no estômago
- Gestantes e lactantes
- Crianças menores de 12 menos

Advertências e precauções
1.Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
2. Imagens meramente ilustrativas.
3. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
8. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
9. Este medicamento não deverá ser partido ou mastigado.
10. Siga corretamente o modo de usar.
11. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".

Referências

1. Bährle-Rapp M, Bährle-Rapp M. Aesculus hippocastanum. In: Springer Lexikon Kosmetik Und Körperpflege. ; 2010. doi:10.1007/978-3-540-71095-0_227
2. Küçükkurt I, Ince S, Keles H, et al. Beneficial effects of Aesculus hippocastanum L. seed extract on the bodys own antioxidant defense system on subacute administration. J Ethnopharmacol. 2010. doi:10.1016/j.jep.2010.02.017
3. Longo L, Vasapollo G. Extraction and identification of anthocyanins from Smilax aspera L. berries. Food Chem. 2006. doi:10.1016/j.foodchem.2004.11.008
4. Lima SS de, Tavares ES, Moreira D de L, Leitão GG, Esquibel MA. Anatomia de folha e caule e quantificação espectrofotométrica de fenóis totais e taninos da erva-de-bicho (Polygonum acre Kunth var. aquatile Meisn.). Rev Bras Botânica. 2009. doi:10.1590/s0100-84042009000200013
5. Dawid-Pac R. Medicinal plants used in treatment of inflammatory skin diseases. Postep Dermatologii i Alergol. 2013. doi:10.5114/pdia.2013.35620
6. Tabassum N, Hamdani M. Plants used to treat skin diseases. Pharmacogn Rev. 2014. doi:10.4103/0973-7847.125531
7. Figueroa-Méndez R, Rivas-Arancibia S. Vitamin C in health and disease: Its role in the metabolism of cells and redox state in the brain. Front Physiol. 2015. doi:10.3389/fphys.2015.00397

Depoimentos deste produto